3 poemas de Anna Apolinário

por Anna Apolinário
Arte: An Old Gable, de William Mulready.

Anna Apolinário (João Pessoa, 1986) é escritora, poeta, produtora cultural independente, organizadora do Sarau Selváticas e fundadora da Cia Quimera – Teatro & Poesia. Autora dos livros Solfejo de Eros (CBJE, 2010), Mistrais (Prêmio Literário Augusto dos Anjos – Funesc, 2014), Zarabatana (Patuá, 2016) e A Chave Selvagem do Sonho (Triluna, 2020).


Ventura

Na bruma dos latíbulos
Panteras saboreiam a escuridão
Dentes dançam sonâmbulos
Nos arcos sonoros dos sonhos
Máscaras assobiam mistérios
Mandíbulas, línguas em lunação
E nuvens cadentes,
nuas incandescentes
Destilam a saliva das musas,
moiras e medusas
No coração ferido da bruxa
Devoro o fruto
Para colorir o breu
Respiro a fúria das auroras


Magmáticas Medusas

Nas madrugadas frias de julho
Os pés nus tateiam a casa em ruínas
A pancada do sangue nas artérias
É quase audível
A loucura é uma pedra espessa
Um diamante movediço
Rebrilhando
Coração eriçado 
Dentro da escuridão

Um verso de Herberto
Vórtice, açoite no leito
Afundado em abismos
Os rostos, espectros 
De singular agudeza 
A música sobe,
estrangula estrelas

Às três da manhã 
Meu olho esquerdo trepida
Em contínuas ondas
De cortisol e adrenalina
As pálpebras cerradas
Os pulmões em brasa
O corpo saindo 
Do centro gravitacional
Pernas e quadris tecendo
O terremoto áureo
O desenho dos lábios
Serpentiforme
Língua vândala na vulva
Magmática Medusa


CRUA

Suportar o baque
Golpe após golpe
Não desviar os olhos 
Da fratura exposta
O som de ossos cintilando
Num tenro rasgo
A rubra rede 
Do cerne demolido
Músculo, tecido, veia
Rito, ruptura, 
E.Q.M. 

Afundar os dedos 
Nesse corpo chaga 
Pulsante
Fresta reluzente
Costurar os talhos
Inventar unguentos
Acariciar as cicatrizes

Ser faca, fome, fúria
Fêmea, afronte
Escrever, transformar
Permanecer.


Arte: An Old Gable, de William Mulready.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

faz um PIX!

Caso dê erro na leitura do QRCode, nossa chave PIX é editora@aboio.com.br

Comprando durante a pré-venda, você garante o livro com 10% de desconto e ainda leva o nome impresso nele! Clique aqui e saiba mais.

faz um PIX!

Caso dê erro na leitura do QRCode, nossa chave PIX é editora@aboio.com.br

Comprando durante a pré-venda, você garante o livro com 10% de desconto e ainda leva o nome impresso nele! Clique aqui e saiba mais.

DIAS :
HORAS :
MINUTOS :
SEGUNDOS

— pré-venda no ar! —

Literatura nórdica
10% Off

Shopping cart close