6 poemas de Vitor Manoel Fortunato

por Vitor Manoel Fortunato
Arte: The Apotheosis of Aeneas, de Jacob Jordaens.

Vitor Manoel Fortunato nasceu no Rio de Janeiro. É graduando em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. É autor de Um corpo é uma abertura (Editora 7Letras, 2023).


apoteose

quebrantado
abrir as pernas
ficar de quatro
cuspir promessas


eu cantarei de amor tão falsamente
cantarei amor tão falsamente
de amor eu cantarei de
amor tão falsamente
tão falsamente amor tão
falsamente


(descer
por um momento
à branca sepultura)

(tocar
o terror
escolher
amar)

(dar com o dia claro)

(acreditar)

(selar
de dentro
do abismo
um pacto
perpétuo)

(olhar-
te
de frente)


a sobriedade traiçoeira
daqueles dias

tão embriagados
de chatices

impregnando de tédio as
entranhas do mundo

também eu estaria
tentado a

poder morrer


poder

atear fogo
nos anéis
do teu corpo

espiar por cima dos ombros
tremendo nas alturas
longamente

provar o sabor da peçonha que sobe
girando em círculos
com os gemidos dos santos

deitar-se em tão
violento
contentamento


vê aí
(iluminação)
se não é santo _
escarnecido


Arte: The Apotheosis of Aeneas, de Jacob Jordaens.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

faz um PIX!

Caso dê erro na leitura do QRCode, nossa chave PIX é editora@aboio.com.br

Comprando durante a pré-venda, você garante o livro com 10% de desconto e ainda leva o nome impresso nele! Clique aqui e saiba mais.

faz um PIX!

Caso dê erro na leitura do QRCode, nossa chave PIX é editora@aboio.com.br

Comprando durante a pré-venda, você garante o livro com 10% de desconto e ainda leva o nome impresso nele! Clique aqui e saiba mais.

DIAS :
HORAS :
MINUTOS :
SEGUNDOS

— pré-venda no ar! —

Literatura nórdica
10% Off

Shopping cart close