• 0

    Frete grátis a partir de R$ 110

Hoje

por Daniel Rodas
Foto de Luísa Machado para ilustrar o poema

Daniel Rodas (Teixeira-PB / 1999) é escritor, poeta e dramaturgo. Estudante de Letras (UEPB). Editor da Revista Sucuru. Autor da plaquete Eros e Saturno (Editora Primata, 2021) e do livro Umbuama (Editora Urutau, 2021), tem textos publicados em vários meios eletrônicos, a exemplo das revistas Mallarmargens, Ruído Manifesto, Toró, Subversa, Kuruma’tá e Trajanos. Faz parte do grupo de teatro ExperIeus da cidade de Monteiro-PB, onde colabora como ator. Pensa na poesia como um fluxo, como o fluir incontrolável da vida.


Hoje

Peço perdão ao mar que
Já não me vê há mais de ano.
Peço perdão às estrelas
Pra quem sempre perco os olhos.
Peço perdão ao guidão
Da bicicleta que enferruja
Peço perdão ao sapato
Cuja sola nunca foi gasta.
Peço perdão ao silêncio
Peço perdão às escadas.
Peço perdão ao mamão que
Não comi.
Peço perdão a você:
Que leu esse troço até o fim.


De Gusta

Te gusta o poema degustado
Na boca no corpo os olhos teus

Te custa o verso bem cortado
Na faca no laço pelos meus

Te gusta o riso tem custado
Ouvir a distância de um adeus.


Suor

O suor congrega vozes que não
Falam.

Pela boca madura: calam.

Vibrando entre as cascatas da
Pele

Correndo entre as montanhas
Das costas.

O suor cala
O suor gane
O suor culpa

A todos nós que através das
Palavras

Nunca nos fazemos soar.


Foto de Luísa Machado.

Leave Your Comment

faz um PIX!

Caso dê erro na leitura do QRCode, nossa chave PIX é editora@aboio.com.br

DIAS :
HORAS :
MINUTOS :
SEGUNDOS

— pré-venda no ar! —

Literatura nórdica
10% Off