5 poemas de Isabella Bettoni

por Isabella Bettoni
Arte: The Greek Poet Sappho and the Girl from Mytilene, de Nicolai Abildgaard.

Isabella Bettoni é escritora, pesquisadora e advogada feminista de BH/MG (1996). Publicou Brincando de fazer poesia (2008) e Não tentar domar bicho selvagem (2022). Participa de quatro antologias, incluindo Antes que eu me esqueça: 50 autoras lésbicas e bissexuais hoje (2021) e Erótica: versos lésbicas (2022). Foi convidada do Sarau Mix Literário 2022 e tem textos em revistas, podcasts e portais, como Mulheres que escrevem e Fazia Poesia.


O propósito do teatro

Espantar fantasmas e vencer a morte, 
ou morrer várias vezes (todos os dias e duas vezes aos sábados e domingos) 

resistir a este governo 
aqui e agora 
de cara voltada para o público 

transformar a poesia 
em voz 
e gestos 
e com isso 
colocar o corpo no centro, 
provocar fissuras com 
o conhecimento instalado no corpo 

questionar a gravidade, as normas, os usos do espaço, 
tecer rupturas, afetos, prazeres 

olhar nos olhos e 
desafiar o mundo 
ㅤㅤㅤㅤa ser outro 

correr em direção a… 
segurando algo nas mãos 
talvez 
outras mãos 

reunir desconhecidos para 
prestar atenção na vida 
compartilhar a experiência 

de ver a sopa engrossar, 
os corpos se embolarem nus, 
o enigma, 
ação, pulsão, dança, 
grito. 
silêncio. 

não lembramos os rostos de quem senta ao lado, cara voltada para o palco 
mas somos nós-outras, carne, coletivo, respirando o mesmo ar, 
compartilhando o assombro diante do mistério 

e pelo teatro, 
convidadas a 
pensar o impossível


O bicho 

Um bicho enorme atravessa a rua no centro da cidade 
tão cotidiano quanto o foto-na-hora-foto-vendo-ouro-compro-cabelo 
um pouco maior do que o pirulito da praça sete, 
faz uma sombra estranha no encontro das avenidas 
e caminha lentamente ao lado daquela placa que diz 
proibido virar à direita, proibido virar à direita 

se o bicho não vira a direita, para onde ele vai? para onde é possível ir? 

será que os carros param, será que o mundo se suspende, será que as pessoas interrompem a corrida e descem do ônibus pra ver? 
será que ao acordar de repente com um susto assim as pessoas 
param pra ver o que nunca foi visto 

ver o que nunca foi visto 

e para onde ele vai?


Ergueu-se o arco-íris após longa tormenta 

(em memória de emily dickinson) 

I – 
uma moça séria 
os olhos e cabelos: escuros 
sobre a pele clara 
o penteado: rígido 
a cabeça: rompida 
ao meio 
as vestes: duras 

e o olhar distante 
como quem, 
fora de seu tempo, 
fora de seu espaço, 

usa as palavras 
– aquelas mais intensas e macias – 
para falar de amor. 

(um assombro!) 
amor proibido e apagado 
por especulações, violentas, tantas, 

os nomes de mulher 
riscados 
somente nas costuras de hoje 
reaparecem na história 

II – 
vamos comer emily 
para que amores como os nossos 
sejam possíveis


Às ausentes de referências 

Passei a vida contendo rio com as mãos 
Tarefa impossível 
e mal feita


Ritual 

Uma mulher que sangra 
e rola 
na terra 
molhada 
a terra e a mulher 
de sangue 
os sons: do farfalhar de folhas, do caminhar das formigas e do que escorre de dentro 
pra fora 
pra dentro 
da terra 

E os pelos e as unhas e as dobras e os vincos e os vazios e as marcas e os rasgos e as sombras da mulher e da terra 
O encontro: um ritual. 

A mulher canta? Cala? Chora?


Você acabou de ler uma seleção de poemas de Não tentar domar bicho selvagem (Quintal Edições, 2022), livro de poemas de Isabella BettoniGostou dos poemas? Adquira-o clicando aqui!

Mais sobre a obra

Não tentar domar bicho selvagem, da poeta Isabella Bettoni, tem como eixo central a busca por si mesma e por projetos possíveis de outros mundos através do diálogo com mulheres e existências dissidentes. Nesse sentido, o livro traz temas como a investigação da própria ancestralidade, a descoberta e a compreensão do desejo enquanto dissidência e até mesmo a importância da escrita na produção dessa identidade.


Arte: The Greek Poet Sappho and the Girl from Mytilene, de Nicolai Abildgaard.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIAS :
HORAS :
MINUTOS :
SEGUNDOS

— pré-venda no ar! —

Literatura nórdica
10% Off